sexta-feira, 29 de agosto de 2008

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Muitas vezes temos que dar tempo ao tempo. Outras vezes, temos que arregaçar as mangas, e resolver - nós mesmos - determinada situação. Neste caso, não existe pior coisa do que adiar.
Adiar traz angustias e sofrimentos desnecessários.

(Paulo Coelho).


*pra existir história tem que existir verdade


domingo, 17 de agosto de 2008

porque mais cedo ou mais tarde é preciso acordar pra vida!!!!
chega um momento no qual se faz necessário enxergar a realidade...
por mais que ela doa por alguns instantes.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

é difícil...

não perder a paciência
ouvir e ficar quieta
bancar a indiferente
não levar desaforo pra casa
manter o regime
ficar longe de chocolate
segurar o choro
não se arrepender
manter o quarto arrumado
não querer saber
tentar não querer
olhar praquele rosto lindo e não sentir vontade de agarrar
não ter a família por perto
acordar cedo
a vida de dona de casa
a vida de estudante
ter vontade e não poder fazer nada
depender dos outros
esquecer como ele fica lindo quando dorme
decidir
manter a roupa limpa
dar conta de tudo
não meter fogo no guarda-roupa
contar tudo à terapeuta
aceitar que há tanta gente ruim no mundo
se acostumar
ter asma
saber que não se pode confiar
saber que nem todos querem o seu bem
ser forte
encarar a perda de alguém muito querido
sentir saudade
sentir-se sozinha
ouvir pelo menos 3 notícias boas em um dia
não se apegar
não quebrar vínculos
em certos momentos da vida não perder a esperança
sair da cama em dia de chuva
manter os planos
esquecer
perdoar

se estivesse aqui agora...
lhe pediria desculpas pela grosseria de ontem, reconheço que exagerei, mas é que tem dias em que você me faz perder a paciência, e ontem foi (mais) um desses dias!
ando de saco cheio da faculdade, de pessoas se metendo na minha vida, saudades de casa, sabe como é... claro, eu sei que não deveria descontar meus problemas em você, mas a questão é que você também não faz nada para colaborar, muito pelo contrário, as vezes até parece que se esforça pra piorar as coisas.
o mais engraçado é como são as coisas a respeito de nós dois, num certo momento está tudo bem, segundos depois um fala algo não muito inteligente e o outro desanda a reclamar, e é aí que tudo se perde... as vezes me pergunto se talvez nós já não tenhamos nos perdido e - não sei por que motivo - insistimos em nos reencontrar. aposto que nunca pensou nisso não é??!!
mas eu penso! penso ainda que nada nessa história tem fundamento, e é aí que me apavoro! por que insistir se nada parece ter fundamento, se entre eu e você tudo é diferente, se um quer mais do que o outro??!!! talvez seja por isso que ainda(?) não cansamos um do outro.
você é assim, todo metido a sério - quem vê a primeira vez até acredita, gasta com coisas absurdas, adora falar de carro e ver vídeos idiotas na internet, acorda mal humorado, não consegue nem se quer dormir abraçado, adora fazer gracinhas totalmente sem graça e ainda acha que agrada, teimoso e pra piorar mais ainda, adora se fazer de coitadinho desentendido, tudo tem que ser dito claramente, caso contrário não entende ou entende tudo errado... ah sim claro, quase ia esquecendo, e adooora me irritar(!) nossa, nisso você já virou perito...
acho que é por todas essas coisas que eu odeio em você que eu te adoro tanto, por essas e outras que não canso de ti... e esse tem sido o meu dilema, adorar e ao mesmo tempo odiar te adorar! não me pergunte como isso é possível, porque se soubesse com certeza não sentiria...
nada é possível de entender quando se trata de nós dois, já percebeu isso? quando eu chamo você não vem; quando diz que vem, eu não quero que venha; quando digo que gosto, foge do assunto; quando digo que queria apagar tudo, fica triste; se digo que não entendo, você responde que menos ainda; pede se quer que suma, mas diz que não quer sumir; pesso pra sumir, e é aí que aparece mais ainda...
você faz um estrago que há muito tempo ninguém fazia, me leva do inferno ao céu em segundos e me derruba com apenas uma palavra; faz tudo que parece certo virar bagunça e sai dando risada, as vezes acho que é pura pirraça, coisa dessa sua mania de criança mimada - que particularmente eu adoro...
ai como eu te odeio!
estou entregue a ponto de estar sempre só.
esperando um sim ou nunca mais.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

.faculdade complicada
.cabeça cheia
.gente demais
.emoção de menos
.mãe que enche
.pai que torra
.irmã mais velha que tem que bancar a "consultora sentimental" da mais nova
.falta de um carro
.falta de uma casa
.telefone que só recebe ligação de "pessoa problema"
.chuva na saída da aula
.ônibus que não chega
.caminhada embaixo da chuva
.frio
.falta de uma comida decente
.msn não conecta
.internet bixada
.pc mais bixado ainda
.aerolin pelo menos 3 vezes por dia
.rinite sempre atacada
.cabelos pelo chão
.pó pelo quarto todo
."aquele la" simplismente não se importa
.fingem que sentem
.queima a lingua com café
.só tinha uma tortinha quando precisaria de duas pra matar a fome
.se quer comer, cozinhe!
.cama arrumada? nem pensar!
.tudo fora do lugar
.bagunça
.sujeira
.lixo emocional
.simplismente NADA deu certo o dia todo!

que merda!

certos dias deveria ter uma plaquinha no teto do quarto dizendo "melhor nem levantar da cama hoje minha querida!" ¬¬
Sorte de hoje: Deixe de lado as preocupações e seja feliz

;)

segunda-feira, 11 de agosto de 2008


.
.
"A dor se torna menos quando não deixamos muitas lembranças em nossa porta."
(Paulo Gaefke)
.
.
.
.
"Está sendo surpreendentemente difícil, e ainda é preciso sorrir durante o processo."
da série "escrevi mas não mandei", de 23/10/2004 (deve ter sido mais ou menos quando tudo começou)

queria muito não ter te conhecido;
queria muito não ter te beijado;
queria muito que nada daquilo tivesse acontecido;
queria muito não sentir nada quando você passa;
queria muito não me importar se você pensa ou não em mim;
queria muito não sentir nada do que estou sentindo;
queria, mas não posso!

tarde demais para enviar, mas tenho certeza que de qualquer forma ele sabia disso...

"talvez, tenha sido um beijo e nada mais, mas eu fiquei assim..."

quinta-feira, 7 de agosto de 2008


nem que seja empurrada pelas amigas, você precisa pedir, falar, tentar entender. você sabe que ele não mentiria, ele não te engana... mesmo que o seu lado mais idiota insista em pensar isso muitas vezes.


TE AMO hoje e sempre


quarta-feira, 6 de agosto de 2008


.
.
é ai que você perde o chão...
quando você percebe que tudo foi mentira, ilusão
você agradece por decepção não matar
mas pede a Deus pra se acalmar, pra que logo essa dor tenha fim.
se ao menos tivesse sido sincero desde o começo
se daquela linda boca não tivesse saído nada além de palavras furadas
que alegria!!
tudo que parecia tão lindo se perdeu no caminho
as declarações foram ficando cada vez mais difíceis de serem ouvidas
os carinhos cada vez menos sentidos
até que mais nada fazia sentido
nada mais podia ser sentido
e foi aí que a gente se perdeu
você seguiu
eu fiquei aqui esperando que aquelas promessas se tornassem realidade.
graças a Deus decepção não mata!