sexta-feira, 28 de novembro de 2008

27...

hoje eu olhei pro céu tomada por um enorme sentimento de tristeza e dor, acompanhados de uma dúvida assoladora - será que está tudo bem? será que você está bem? -. ao longo desse tempo, foram raros os dias nos quais não lembrei de ti, e mais raros ainda os dias em que não chorei tua falta e o arrependimento por tudo.
hoje - naqueles poucos minutos nos quais fiquei sentada na sacada olhando pro céu e falando coisas que eu queria que você soubesse -, só hoje, eu te pedi desculpa, só hoje, meses depois, eu tive coragem de pedir desculpa por tudo que eu não fiz, por tudo que eu não disse...
sinto o gosto amargo do arrependimento sempre que lembro de ti e do fato de que não estás mais aqui pra eu poder mudar essa situação, e tudo fica ainda pior nas manhãs em que acordo e lembro que sonhei contigo... hoje de manhã foi (mais) um desses dias, acordei com o sonho que tive contigo na cabeça, nele você estava tão lindo, vestindo aquela camiseta amarela que eu amava, tão feliz, sorrindo... o que eu mais quero é que você esteja realmente assim: bem, em paz... infelizmente isso é tudo que eu posso fazer enquanto ainda estou aqui tão longe de ti, esperar que você esteja bem e falar pro céu tudo que eu quero que você saiba, esperando que esteja por ali, em algum lugar, ouvindo tudo...
ah como eu queria que todo dia 27 não fosse sinônimo de dor e lágrimas de saudade de ti... fica com Deus, já que "cedo ou tarde a gente vai se encontrar."

Nenhum comentário: