terça-feira, 30 de junho de 2009

sempre Caio...

Pedi a ele uma DEFINIÇÃO. Ou me quer e vem, ou não me quer e não vem. Mas que me diga logo pra que eu possa desocupar o coração. Avisei que não dou mais nenhum sinal de vida. E não darei. Não é mais possível. Não vou me alimentar de ilusões. Prefiro reconhecer com o máximo de tranqüilidade possível que estou só do que ficar a mercê de visitas adiadas, encontros transferidos. No plano REAL: que história é essa? No que depende de mim, estou disposto & aberto. Perguntei a ele como se sentia. Que me dissesse. Que eu tomaria o silêncio como um não e ficaria também em silêncio.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

sexta-feira, 26 de junho de 2009

... como você sabe que demais é demais? Cedo demais. Informação demais. Diversão demais. Amor demais. Pedir demais... E quando tudo passa a ser coisa demais para se agüentar?
.muito barulho por nada.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

a raiva da minha mãe ta passando mas eu ainda tenho um monte de coisa entalada pra falar e eu to querendo escrever isso aqui pra ver se eu pelo menos paro de passar mal por ficar guardando essas coisas só pra mim não é pra entender nem pra ficar bonito não é só pra eu conseguir botar pra fora de alguma forma a raiva e a tristeza que eu to sentindo hoje por tudo isso que aconteceu com a minha mae e pela puta dor que eu to sentindo por causa do thiago que sempre fica muito pior depois que eu assisto grey's anatomy eu realmente nao posso mais ver pessoas que perdem quem gostam e é por isso que eu tenho medo da raiva que eu guardo da minha mãe porque eu penso que um dia eu vou perder ela mas que merda entao porque essas coisas tem que acontecer maes e filhos jamais deveriam se desentender mas eh que a minha tambem é uma cabeça oca aí fica complicado querer resolver qualquer situação porque eu sei que a hora que eu sentar pra conversar com ela ela vai jogar na minha cara que eu não ligo pra ela há mais de um mês e que eu não do corda pra ela no msn mas é porque a minha vontade de dizer que ela não presta é enorme então eu prefiro ficar quieta do que causar um estrago maior ainda mas eu só quero que ela entenda que ela tem todo o direito de buscar a felicidade mas que a minha irmã não precisa passar pelo que passou por causa de uma mãe sem noção que não enxerga as babaquisses que faz puta que pariu como isso me deixa indignada e aí eu me vejo aqui sem poder fazer nada a não ser ligar e brigar e eu to cansada disso também porque na maioria das vezes não resolve nada só me resta esperar chegarem as férias e ir pra casa escutar a ladainha e que Deus me ajude a ter paciência e não fazer ou falar nada que eu possa me arrepender porque eu to com medo das minhas possíveis reações preciso de férias de um tempo pra mim de ninguém nos meus ouvidos a toda hora e de mais pessoas em quem eu possa realmente confiar e principalmente parar de me perder dentro de mim mesma.
eu queria conseguir esquecer a forma como as coisas aconteceram.
queria apagar da memória você saindo carregado pela maca todo machucado, e eu lá, vendo tudo sem poder fazer nada. queria apagar a angústia da falta de notícia, o desespero seguinte, o sofrimento e as lágrimas que duram até hoje.
você faz tanta falta, é tão difícil chegar na tua casa e não te ver largado no sofá, chegar e não receber uma ligação tua, olhar tuas fotos e não passar um filme na minha cabeça.
imaginar que você foi e não volta mais.
depois de amanhã são 11 meses!
que merda...

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
quero te dizer que não quero mais nada, pedir pra você me deixar em paz e não me chamar mais toda vez que fico online no msn, pra não vir implorar justificativas para os meus nicks com cara torta e, mais importante que isso tudo, peloamordeudeus não vir mais falar sobre o que você tem vontade de fazer comigo e parar de bancar o adolescente apaixonado carente.
será que é tão difícil perceber que o encaixe não foi bom, que eu não morro de saudade e de preocupação e que eu definitivamente não tenho paciência pra grude?
essa não é a primeira vez essa semana que eu sento em frente o pc, abro a página de postagem e não sai nada. to sem inspiração, sem vontade, sem idéia... querendo não saber de nada, nem de ninguém.
não to deprimida, não to na tpm, muito menos em crise. só to precisando de mais um tempo pra mim, só pra mim.
to ainda naquela fase de se livrar de algumas coisas... mas só me livrando, não chega nada novo e isso até me irrita. só vão somando espaços em branco, que eu to tentando cobrir sozinha.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

eu fico puta
logo depois to saltitante
surto e saio pulando
meu lado louca inconsequente tem me tomado tempo demais

something special?
em um dia conturbado e cheio de responsabilidades...
é um menino!
feliz feliz feliz
cresce rápido amorzão


terça-feira, 16 de junho de 2009

preciso da minha terapeuta de volta.
tenho tido tantos insights ultimamente que não to dando conta de colocar tudo no seu devido lugar.
aí o professor vem me falar sobre se proteger e explodir... pareceu até sacanagem... "vamo mete o dedo na ferida da tadinha"
e eu não aguento mais essa instabilidade!!!
uurrgghhh

quarta-feira, 10 de junho de 2009

É esse gelo por dentro que eu não consigo entender. Você se doou tanto quando eu não pedia, e no momento em que pela primeira vez pedi, você negou, você fugiu. É esse seu bloqueio de aço encouraçando o silêncio, eu não consigo entender.

Caio Fernando Abreu

terça-feira, 9 de junho de 2009

I'm so tired of trying...

uma hora a gente acaba cansando. cansa de esperar, de querer, de sonhar e não ter...
hoje eu acordei assim, CANSADA... de expectativas, ilusões, frustrações, de pessoas que falam demais e alimentam coisas desnecessárias, de planos que vão por água abaixo.
cansei, cansei, cansei e confesso que tenho medo do que o resto do dia me reserva.

domingo, 7 de junho de 2009