sábado, 29 de agosto de 2009

Planos nem sempre dão certo e a gente tem que ousar e desafiar a razão.


Sem medo.

Sem planos a longo prazo.


O Depois fica pra depois.





"...E não distingo mais
Fatos de ilusões
São melodias demais
É preciso ter mais
De mil corações..."

(Caê)

foto por Yulia

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

já que ontem foi meu quase dia
.
.
Ser Psicólogo

Ser psicólogo é uma imensa responsabilidade.
Não apenas isso, é também uma notável dádiva.
Recebemos o dom de usar a palavra, o olhar,
as nossas expressões, e até mesmo o silêncio.
O dom de tirar lá de dentro o melhor que temos
para cuidar, fortalecer, compreender, aliviar.


Ser psicólogo é um ofício tremendamente sério.
Mas não apenas isso, é também um grande privilégio.
Pois não há maior que o de tocar no que há de mais
precioso e sagrado em um ser humano: seu segredo,
seu medo, suas alegrias, prazeres e inquietações.


Somos psicólogos e trememos diante da constatação
de que temos instrumentos capazes de
favorecer o bem ou o mal, a construção ou a destruição.
Mas ao lado disso desfrutamos de uma inefável bênção
que é poder dar a alguém o toque, a chave que pode abrir portas
para a realização de seus mais caros e íntimos sonhos.


Quero, como psicólogo aprender a ouvir sem julgar,
ver sem me escandalizar, e sempre acreditar no bem.
Mesmo na contra-esperança, esperar.
E quando falar, ter consciência do peso da minha palavra,
do conselho, da minha sinalização.
Que as lágrimas que diante de mim rolarem,
pensamentos, declarações e esperanças testemunhadas,
sejam segredos que me acompanhem até o fim.


E que eu possa ao final ser agradecido pelo privilégio de
ter vivido para ajudar as pessoas a serem mais felizes.
O privilégio de tantas vezes ter sido único na vida de alguém que
não tinha com quem contar para dividir sua solidão,
sua angústia, seus desejos.
Alguém que sonhava ser mais feliz, e pôde comigo descobrir
que isso só começa quando a gente consegue
realmente se conhecer e se aceitar.

Walmir Monteiro

quarta-feira, 26 de agosto de 2009





Intimidade é uma palavra de cinco sílabas para aqui-está-o-meu-coração-por-favor-esmague-o-como-carne-moída-e-se-delicie.
"Estamos todos danificados, ao que parece. Alguns de nós, mais que outros. Carregamos o dano desde a infância e então, já adultos, causamos tanto quanto recebemos. Definitivamente, tudo que fazemos é causar danos"
(Grey's Anatomy)

domingo, 23 de agosto de 2009




Por Bichinhos de Jardim
veio de encontro ao meu pedido da noite passada
ainda bem que hoje eu entendo perfeitamente o significado de "preste atenção aos sinais"
.
.
Que o amor se manifeste

Todos nós temos um dever com o amor: permitir que ele se manifeste da maneira que julgar melhor. Não podemos e não devemos nos assustar quando as forças das trevas, aquelas que instituíram a palavra “pecado” apenas para controlar nossos corações e mentes, querem se fazer ouvir.

O que é pecado? Jesus Cristo, que todos nós conhecemos, virou-se para a mulher adúltera e disse: “ninguém te condenou? Pois eu também não te condeno”. Curou aos sábados, permitiu que uma prostituta lavasse seus pés, convidou um criminoso que estava sendo crucificado com ele para gozar as delícias do Paraíso, comeu alimentos proibidos, disse que nos preocupássemos apenas com o dia de hoje, porque os lírios do campo não tecem nem fiam, mas se vestem com glória.

“O que é pecado? Pecado é impedir que o Amor se manifeste. E a Mãe é amor. Estamos em um novo mundo, podemos escolher seguir nossos próprios passos, não o que a sociedade nos obrigou a fazer. Se for necessário, enfrentaremos de novo as forças das trevas como fizemos na semana passada. Mas ninguém irá calar nossa voz ou nosso coração”.

sábado, 22 de agosto de 2009


“Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo. Porque os corpos se entendem, mas as almas não.”
Manuel Bandeira

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

L U T O
.
.
A noite de terça-feira em Camboriú foi do jeitinho que o capeta gosta. Um dos donos da Brother Lanches, o estudante de psicologia Pablo Mangelo de Oliveira, 27 anos, foi assassinado dentro do local de trabalho, na rua Monte Agulhas Negras, no bairro Monte Alegre. Pelas 20h, um vagabundo armado invadiu o comércio e disparou três tirombaços certeiros na vítima.

O povão que tava fazendo uma boquinha por lá, contou que o assassino chegou com um comparsa, numa moto Fun escura. O caroneiro pulou da cabrita e entrou no bar com um trezoitão em punho.

Sem dar bola pra galera que tava jantando na lanchonete, o malencarado caminhou alguns metros e mandou seis tiros contra Pablo.

O rapaz não conseguiu nem correr. Tomou um tiro em cada braço e outro balaço fatal no peito, que perfurou o coração. Com o tirombaço, Pablo morreu na hora. Familiares e amigos do carinha ainda chamaram os bombeiros e o Samu, mas quando os socorristas chegaram não tinha mais nada a ser feito pra salvar a vida do moço.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú onde passou por perícia e foi liberado ontem de manhã pra ser enterrado em Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, cidade onde nasceu. Pablo morava na rua Rodolfo da Silva Simas, no bairro Taboleiro. O enterro será hoje às 10h no cemitério municipal de Cruz Alta.

Enquanto o dono da lanchonete era socorrido, o atirador montou na moto e simandou com o comparsa. A polícia militar foi chamada logo após o rolo, fez rondas na região, mas não encontrou os suspeitos. O pessoal que estava na lanchonte jura de pés juntos que não viu a cara dos bandidos.

Pros homisdalei, parentes de Pablo disseram que ele não tava metido com a bandidagem e não seria usuário de drogas. O que a polícia apurou era que a vítima teria sido ameaçada de morte por um cliente encrenqueiro.

A puliça investiga a relação do crime com a suposta ameaça. Os policiais vão levantar ainda a ficha do rapaz pra tentar descobrir se ele tinha alguma bronca pendente.

Violência

Apesar de Pablo ter retirado um cliente do bar, que o ameaçou de morte, quem cometeu a crueldade teria sido outra pessoa. “Queremos justiça”, disse um dos amigos de Pablo, que ontem não conseguia esconder a emoção. Eles esperam que a polícia consiga prender o assassino. “Mataram um inocente”, acrescentou.
.
Fonte: "O Diarinho"

terça-feira, 18 de agosto de 2009



chega a ser até engraçado o fato das pessoas acharem que a gente tem que estar sempre bem... um amigo acaba de me pedir "cadê aquele ânimo?", eis que eu respondi "deve ter ido embora com a chuva!"
grossa, pra não perder o costume... porque é incrível como a gente tem que parecer sempre feliz, sempre disposta e animada... por mais que o dia esteja chuvoso, que não tenha vontade de sair no frio e ir pra faculdade as 4 da tarde pra sair de lá as 5, que a resposta do fim tenha sido um "você sabe o que faz", que a tpm esteja consumindo as últimas semanas e a alergia as mãos...
tem como ter ânimo desse jeito?
tá, eu sei, eu deveria agradecer por estar viva, ter mãos pra ter alergia, pessoas que se importam e toda aquela conversa de monge budista... mas acontece que devido a essa série de acontecimentos ruins, não há bom humor que resista, nem ânimo que apareça!
será que não se pode mais nem ser triste em paz?!
aff

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

pensamentos soltos

como é difícil sair de um lugar que você sabia que não podia entrar

mas afinal, quem mandou entrar? agora te fode, sua idiota!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009


a melhor coisa que pode acontecer é ficar gripada em meio a um surto de gripe suína, os professores mandam você ficar em casa e só retornar quando estiver 100% recuperada, eu retorno semana que vem... após uma semana inteira em casa, dormindo, lendo, escrevendo, colocando as coisas em ordem, planejando o primeiro encontro, aguentando crises de ciúmes do piazinho (o mimado das férias), tentando ajudar as amigas que sofrem por amor, tentando abafar as dúvidas que vêm a cabeça quando pensa naquele que está prestes a entrar (fisicamente) na tua vida, aliás, entrou ontem e foi simplismente maravilhoso, mas devido às circunstâncias eu to tentando não pensar no que vem depois...
enfim, uma semana minha, talvez não recheada de coisas boas, mas sem dúvida repleta de detalhes valiosos.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

"Seguir nosso desejo é o que nos torna livres, e o desejo é variável, mutante, inclassificável - não pode ser considerado moderno ou antigo, é o que é. "
(Martha Medeiros)


...and I want you to know that I can't let you go!
"Algumas vezes eu fiz muito mal para pessoas que me amaram. Não é paranóia não. É verdade. Sou tão talvez neuroticamente individualista que, quando acontece de alguém parecer aos meus olhos uma ameaça a essa individualidade, fico imediatamente cheio de espinhos - e corto relacionamentos com a maior frieza, às vezes firo, sou agressivo e tal. É preciso acabar com esse medo de ser tocado lá no fundo. Ou é preciso que alguém me toque profundamente para acabar com isso."
(Caio F. Abreu)
.
as vezes detesto a forma com a qual me identifico com o que Caio F. escreve... mas detesto mais ainda o fato de ele conhecer perfeitamente cada defesa e fraqueza minha em tão pouco tempo, é incrível como ele vê coisas sobre mim que nenhum outro vê (incluindo eu mesma)
"tanta vontade de chorar, tanta vontade de ir embora... tanta vontade de viajar pra bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço...."

(Caio F.)

quarta-feira, 12 de agosto de 2009




aí ele meteu a irmã e os amigos na história
e agora eu já não sei se quero mais

domingo, 9 de agosto de 2009

Eu tinha esquecido como era bom, sabe? Não falo apenas da parte física, sexual... mas, e principalmente, da afetiva. Do colo, dos conselhos, da calma, do bom humor, da paciência. Alguém que escuta seus medos, histórias, te encosta no peito e te enche de beijos. Alguém que ri contigo, ri de ti e de si próprio, compra sonho de valsa e te leva pra dormir de conchinha pelo tempo que ainda resta. Alguém que fala o que pensa e sente, sem medo de ser chamado de ridículo, que ouve tudo e no final te abraça e diz que sente saudade e contigo tudo é melhor.
.
É, eu tinha esquecido mesmo como é bom.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009