terça-feira, 13 de outubro de 2009

eu já fiz - quase - tudo nessa vida em matéria de maluquisse. já quis muita coisa, e desisti de poucas. já tive uma fase de boa menina; de menina - muito! - má; de fazer o que desse na telha, sem me importar com os outros; já tive uma fase recatada, uma fase bem "dada". já afirmei por muito tempo que relacionamento não era o que eu queria - pelo menos agora -, e talvez essa tenha sido a maior das idiotisses que passou pela minha cabeça... fruto de traumas e questões mal resolvidas - é claro! - defesas, defesas, defesas - puura palhaçada e tempo perdido!
mas chega um momento em que parte das coisas são digeridas, e o que não desce pela garganta é melhor ser cuspido pra fora; junto a isso, surge, como um presente dos céus, alguém capaz de derrubar a última muralha de autodefesa e me fazer voltar a sentir borboletas no estômago.
tô feliz, agradecendo, empolgada e a cada dia mais encantada.
"que seja doce"

Nenhum comentário: