quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

"eu o tinha perto o suficiente para ver como foi covarde com nossa relação, como jamais assumiu o que ele tanto desejava, mas achava perigoso demais para ter"
.
(O Zahir - Paulo Coelho)

Nenhum comentário: