sexta-feira, 29 de julho de 2011



não, eu nunca fui exemplo de mulher segura, menos ainda de mulher assertiva; já errei muito, causei muita confusão e dei muito piti ao longo dos meus miserentos 24 anos... e foi assim que aprendi as poucas coisas que sei, dentre elas até onde vale a pena sonhar e se ridicularizar por um homem.
nos últimos tempos tenho vivenciado situações que me deixam perplexa ao perceber até que ponto a mulherada chega, e depois se acha no direito de espalhar aos sete ventos que "homem é tudo igual" e que "homem não presta".
gente, vamos encarar os fatos como eles realmente são e nos valorizar, peloamordedeus!
eu ando cansada demais desse bando de guriazinha que arruma encrenca em balada por causa de homem, que inventa histórinha pra se dar bem, que fica duas vezes com um cara e já fica jurando amor eterno e depois culpa o cara porque ele caiu fora sem dar notícias.
VAMOS ACORDAR "MULHERADA"!

Tumblr

como eu tenho vício de procurar fotos pela net e não quero fazer do blog um álbum de fotografias ou frases soltas, resolvi criar um tumblr

http://comeceiasentir.tumblr.com/


quinta-feira, 28 de julho de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

mais um ano

... e a prova viva de que o tempo não cura NADA!
ele não te faz esquecer ninguém, muito menos ameniza a dor de ter perdido alguém.
saudade eterna Thiago.
‎"Sendo só sexo e nada mais, por que ofegar verdades ocultas no meu ouvido?
Por que de olhos bem fechados?"

(Gabito Nunes)

quinta-feira, 21 de julho de 2011

alguma vez na vida alguém aí já sentiu que não sabia lidar com o apego materno da própria mãe?? que não sabia lidar com a mãe que não aprendeu a cortar o cordão umbilical??

(aaff)

terça-feira, 19 de julho de 2011


Eu não sabia o porquê de estar ali depois de, sei lá, uns duzentos dias. E você, tão sincero, malandro e super discreto, exatamente como duzentos dias atrás, também nem perguntou. (...) Como numa cena de fluxo lento. Fazia muito tempo que a gente não se via depois que tudo deu errado. E ainda assim foi bom. Mesmo não "sendo pra ser".

adaptado de Gabito Nunes.

sábado, 16 de julho de 2011

hj tudo o que eu queria era abrir a página de postagem e conseguir escrever, escrever e "botar pra fora" todas essas coisas que estão me incomodando... chegando aqui percebo que tenho tanta coisa passando pela cabeça que mal sei por onde começar.
são dúvidas, mal entendidos, saco cheio e afins
melhor manter a boca fechada e os dedos sossegados.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

algumas pessoas deveriam entender que há dias em que não estamos bem o suficiente pra ouvir grosserias e agir indiferente a elas.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

quanto mais eu vivo e experimento, mais percebo que relacionamento não é pra mim... não abro mão das minhas coisas, minhas vontades, minhas insanidades e, quando me envolvo com alguém, até ajo de forma diferente, mas por fim acabo estragando tudo minutos depois.
há quem considere isso defeito, há quem me ache maluca por isso.
mas ainda tenho preferido meu espaço, meus momentos de insanidade, meus surtos de alegria e "saltitâncias"... a cada dia mais!

terça-feira, 5 de julho de 2011

"Inconscientemente, parecia querer buscar em autores, filmes e músicas, algum tipo de consolo. Como se alguém precisasse chegar bem perto do sofá, onde estava, colocar um das mãos em seu ombro e dizer que aquilo era normal. Que acontecia também com outras pessoas. E que iria passar."

Caio Fernando Abreu

domingo, 3 de julho de 2011

minha intuição nunca me engana...
só não sei porque ainda não aprendi a levar isso em consideração.

pequeno desabafo


não
não vou mais agir impulsivamente
surtar, falar coisas feias, voltar com o ex, desligar a minha vida na sua cara
não vou mais me importar, tentar te deixar bem, cuidar de você nem que seja à distância
tentar manter qualquer relação que seja por causa desse meu gostar de você ou pra mostrar como lido bem com toda essa situação
não faz sentido
não faz mais sentido agir assim em meio a tanta atitude medíocre e mesquinha
aja de acordo com suas palavras, encare as coisas como elas realmente são
não cobre de ninguém o que você não pode dar
não perturbe os outros com papinho furado se você faz tudo as avessas
e, por favor, não espere mais nada de mim.
era tudo tão absurdo...


e virou saudade.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

muitas vezes as pessoas não vão entender seus atos
haja de acordo com seus princípios, e se, mesmo assim você acabar escorregando, conte com seus amigos pra lhe indicarem a direção
esqueça quem lhe magoou
esqueça quem quer lhe magoar
tente, tente, tente
seja feliz