quarta-feira, 22 de maio de 2013



"É pena que você pense
Que eu sou seu escravo
Dizendo que eu sou seu marido
E não posso partir
Como as pedras imóveis na praia
Eu fico ao seu lado sem saber
Dos amores que a vida me trouxe
E eu não pude viver (...)"
ah Raul....



Nenhum comentário: