terça-feira, 18 de junho de 2013

e por falar em manifestação....



em meio as manifestações acontecendo pelo Brasil e pelo mundo, não iria eu bancar a indiferente.
mas não venho aqui para tratar de manifestos sociais - ao menos em parte; venho para falar sobre as manifestações que venho vivenciando desde o momento em que decidi (finalmente!) me relacionar com alguém e declarar, com frequência, o que sinto por ele em nossas redes sociais.
pois bem, a essa altura todos imaginam que venho falar de amor... sinto decepcionar, mas o assunto do dia é INVEJA, zica, olho gordo, ou como cada um preferir denominar.
não é de hoje que minhas redes sociais são bombardeadas de mensagens de gente que simplesmente não tem o mínimo senso de amor próprio (ou de cuidar do próprio rabo) tentando minar o meu namoro com intrigas, mentiras, enfim... após passar meio dia pensando em milhares de coisas que justificariam tais atitudes, a conclusão que chego é a de que sim, existe muita gente invejosa nesse mundo (embora eu sempre tentei crer que não) e algumas delas não medem esforços para atingir - e derrubar - umas às outras; e se tais pessoas sentem inveja de você é porque você certamente está em uma situação melhor do que ela (afinal,
quem sente inveja de mendigo, doente, desempregado, gente mal comida?)
logo, quero deixar aqui minha declaração de que você - cara pessoa desocupada que tenta plantar discórdia no meu relacionamento - tem toda a razão em sentir inveja, afinal, não é toda mulher que tem a sorte que eu tenho em encontrar um homem de verdade pra construir a vida; que divide as alegrias e as tristezas; que compra chocolate toda vez que percebe que o seu anticoncepcional acabou; que deita no colo quando precisa de um carinho e te coloca no dele todo dia quando chega do trabalho; um marido que extrapola o limite da amizade, do companheirismo, da lealdade; que sabe te fazer sorrir, mesmo com o mundo em desacordo...
realmente eu entendo você, mas também sinto pena e desejo que você, assim como eu, tenha essa sorte algum dia, mas acredite, não vai ser zicando os outros que você vai chegar a algum lugar.

Nenhum comentário: